quinta-feira, 10 de junho de 2010

Viva.


(André Vilela)

A cada instante na nossa vida vivemos momentos, momentos que rimos ou choramos, esquecemos ou guardamos. O fundamental é viver cada segundo intensamente por que ligeiramente nada aproveitamos, antes que todos nos morramos. A vida é como o Sol que nasce esplendido brilha e alegra, mas no fim do dia parte ofuscado, nossos dias aqui são contados.
Sim a vida é bela, mas para quem não sabe vive-la é fera, sorria para as coisas boas, se empolgue com o canto dos pássaros, cuide do verde que te resta, cante, pule, viaje, case, conheça pessoas legais, grite ao mundo “eu te amo”, abrace alguém bem apertado, tenha seu próprio estilo, tenha suas próprias idéias, ame os animais, ame a natureza, assista filme com pipoca e coca. Enfim faça aquilo que te faz bem, aquilo que promova o seu sorriso e dos demais ao seu redor, pois a alegria não se compra, se adquire e compartilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário